Olha o que encontrei! Relíquias da Tatsunoko!

Vou deixar um post mais relaxante agora, ok?


Lembram do post sobre a análise do jogo Tatsunoko VS Capcom, em que falei dos heróis mascarados como se fossem para o carnaval, com roupas de lycra e golpes espalhafatosos, e que dificilmente seriam conhecidos?


Pois bem, lembrei que já havia assistido a um episódio ou outro de G-Force, ou Gatchaman, como é mais conhecido no Japão, na época dourada do canal Boomerang – que infelizmente foca agora no público pré-adolescente e com restos do canal Sony (Sessiones com Alejandro Franco e Abbey Road num canal que era de animes? E o que dizer daqueles reality shows boquetas no Havaí?! Vá à merda!).


Pra quem está curioso, é uma boa dar uma olhada no canal deste usuário no youtube (http://www.youtube.com/user/0yulka0), que disponibiliza vários episódios da série. Infelizmente alguns estão em japonês e outros estão ao menos com legendas em inglês. Basta dar uma vasculhada na playlist pra dar uma conferida no anime.


Outro anime que é reconhecido (pelo menos no youtube) é herói Tekkaman, conhecido como o Cavaleiro do Espaço, criado em 1975. Um dos vídeos, que mostra a transformação do protagonista e enfrentando uma horda de naves inimigas, já foi visto mais de 130 000 vezes. O chato é que não está com o áudio original, está em italiano. Confira:


Mas o destaque fica com um de meus personagens favoritos no jogo (tá, nesse post sou parcial, deixo o melhor por último): o caçador de robôs Casshan, criado em 1973. Do original Neo-Human Casshern, a premissa da série é mostrar um cenário apocalíptico, em que o Rei Negro – Braiking Boss, no original – lidera um reinado contra os humanos, agora meros escravos de uma sociedade tecnológica. Cabe a Casshan, uma espécie de Messias da humanidade desacreditada, a inglória incumbência de derrotar os robôs com as próprias mãos – literalmente.


O que é bacana dessa série é que o protagonista não faz uso de armas ao lutar contra seus oponentes. Enquanto todos os membros do Gatchaman possuem um aparato – o líder Ken tem um bumerangue, por exemplo – e Tekkaman conta com a lança e uma corrente para agarrar naves inimigas, o caçador de robôs conta apenas com os punhos e força sobrenatural. Seus únicos aliados são Friender, um cão cibernético e Luna, a mocinha da história, que usa uma pistola.

O vídeo que destaco aqui é uma compilação do OVA feito em 1993. Exatamente, compilação. O original possui quatro episódios de trinta minutos cada, e os americanos, com suas navalhas imperdoáveis asseguradas pela censura, retalharam a animação, transformando-a num “filme” com menos de uma hora de duração. Veja como ficou com os cortes a seguir. Encontrei em português!





Sabe o que é pior disso? Deixaram de lado a parte mais importante do anime: a luta final entre Casshan e Braiking Boss. É mole??? Não fosse a internet de hoje, não poderíamos ver o que acontece afinal. Felizmente, tal luta está no Youtube, no link abaixo:


Curtiram? Mais adiante, se encontrar mais coisas interessantes, volto a postar aqui.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

3 vezes em que a Problematização foi longe demais

Mais uma vez de volta

Sugestão de série - Crazy Ex-Girlfriend