Postagens

Mostrando postagens de 2009

Answer Key - Conversation topic

Whazzap! Conseguiram decifrar o diálogo anterior? Vamos dar uma recap:

- Well, Mr. Thompson, uhm... I didn't do the exercises 'cause my mom has been sick and sh...-

- Can't you just quit beating around the bush and cut to the chase?! Why didn't you do it?

- I'm not lying. I mean it! She's got something funky and I had to take her to the hospital.

- So let me get it straight...I asked you to do these exercises two weeks ago and you were gonna do it yesterday? Talk about tough luck, Henry!

Essas expressões nada mais são do que lugares comuns tanto no Brasil, como nos EUA. Quando uma pessoa dá muitas voltas e fala nada, essa pessoa está beating around the bush, ou seja, enrolando. E se a pessoa está irritada com esse hábito, pede logo para ir direto ao ponto, ou melhor, cut to the chase. Se ao falar algo, é preciso digerir as informações de maneira mais calma, ela pergunta se entendeu direito, ou ainda, get it straight.

Curtiram essas expressões? Vai então aí mais algum…

A Revolução Daqueles que Já Foram

Imagem
Bom, minha lista de desculpas esfarrapadas já se esgotou pra eu não estar dando continuidade a esse blog. Mas não encanem...sempre vou dar uma passada por aqui pra escrever o que vier na cabeça. Vou então contar o que houve durante esse ultimo fim de semana.

Na sexta à noite na Monte Bello finalmente teve a revelação do amigo secreto do trabalho. Fui o primeiro a ser anunciado (e melhor, fui chamado de CHATO na frente de todo mundo, inclusive da minha chefe e do chefão da empresa, mico do INFERNO), mas foi beleza. Engraçado que isso meu amigo secreto falou de manhã, no trampo mesmo, que eu era chato e engraçado. Na hora da brincadeira, disse que eu era o oposto. Ou seja, sou gente boa e sem graça. HUAHAUAHuhau vai entender. Mesmo assim desencanei, levei na esportiva. Admito que às vezes sou chato, encanaaaaaaaaaaaaaaado com as coisas...é assim a vida. De presente recebi o livro "A Revolução dos Bichos", de George Orwell.

Este aqui ó!

Assim que mostrei o presente a todos os pres…

During a conversation...what to say?

Em mais uma edição do diário de bordo do How do you say...? [/mundodalua feelings], deixo mais um espaço para esclarecer dúvidas quanto a algumas expressões muito usadas no cotidiano brasileiro, que podem ser utilizadas no inglês. Isso serve pra tornar o brasileiro mais próximo do idioma nativo americano, como se tivesse nascido no local.

Brasileiro que é brasileiro sabe que, na hora de contar algo apressadamente, deixa de lado qualquer detalhe mala e vai direto pro "pá, pá, pá"... Em inglês pode-se usar outra expressão:

- Dude, you're not gonna believe in this! I was heading to the nightclub when I saw this chick and we were looking at each other for a while and yadda, yadda, yadda, when I asked her...

Note que yadda, yadda, yadda preenche o espaço como se fosse o resto da história que não precisa ser necessariamente ouvida.

Mais expressões muito usadas no português podem ser encontradas na lingua inglesa. Tente entender essas a seguir:

- Well, Mr. Thompson, uhm... I didn…

Don't worry, about a thing... A-han!!!!

Não pensem que esqueci desse blog! Semana passada foi extremamente corrida pra mim. Tive que trabalhar de manhã e de noite na escola de inglês para compensar a folga de fim de ano. Pois é, a escola vai parar, mas temos que peg...digo, pagar! [/pokemon feelings], hahahaha

Por isso que segunda, terça e sexta-feira tive que praticamente MORAR na escola para começar a pagar as horas devidas. Só de pensar que, ficando essa semana durante dois turnos só vou conseguir compensar 35% do que preciso no total é de lascar e de arrancar os cabelos. No fim, vou ficar devendo minha alma. Ou sei lá.

Quarta pude me dar um descanso e dormi até tarde. Por isso que não tive aula de direção, nem orientação profissional (falando nisso tenho que remarcar...) Nem pude jogar um minutinho sequer de Okami, ou até mesmo de Smash Bros...e muito menos pude assistir minhas séries!!! Ainda tenho dois episódios para assistir de The Big Bang Theory, um de Desperate Housewives e mais um de Medium, que de tanto tempo já d…

Look who's back...

"Eu sei, eu sei"... como diz meu avô, quando alguém o incomoda com coisas irritantes. Estou ciente de que me ausentei faz um puta tempo, e que nem estou com muita vontade de escrever algo relevante no momento.

Quem sabe posto algo aqui sobre a próxima quinta-feira, que vai ter um jantar especial de Thanksgiving no Friday's, e que vou a trabalho (mas não me impede de aproveitar a comida, hehehe).

Entretanto, essa semana vai ser dificil de vocês me encontrarem aqui, uma vez que irei trabalhar mais horas na escola. Digamos que seja pra compensar o fim de ano, pretendo tentar emendar pra fazer alguma coisa diferente do que ficar em casa.

Além das aulas a mais, estou fazendo mais aulas de direção (agora já estou pegando bastante trânsito e fazendo baliza que é uma beleza), e também psicoterapia para orientação profissional (pois é, vamos ver no que vai dar...estou com receio).

Mas vamos ao dia de hoje. Pude almoçar LOUCAMENTE no Samurai Mix, que tornou a ser meu restaurante japon…

Desperate Writers

Imagem
Falem o que quiserem, mas sempre gostei de Desperate Housewives. Desde as temporadas elogiadas - a primeira, a primeira metade da terceira e a quarta - até as mais toscas - a segunda, a segunda metade da terceira e a quinta foram uma bosta elevada à décima potência -, consegui acompanhar firme e forte. Mas já está dando vários sinais de desgaste.

Prova disso é uma notícia que li num site (extremamente ruim, mas enfim, pode ser verdade), que dizia que um desastre de avião vai matar alguém do elenco. Oh, novidade.

A premissa da série, em seu episódio piloto, era mesclar a vida (nada) monótona de um grupo de donas-de-casa com bastante humor negro, com o pano de fundo do mistério do suicídio da narradora. O mistério instigou bastante o público, esbanjando sempre uma média de mais de vinte milhões de telespectadores durante a primeira temporada.

Resolvido o motivo do suicídio de Mary Alice (Brenda Strong), a série tem tentado apresentar um novo mistério, mas todos foram rechaçados. Desde a pr…

A volta dos que não foram

Lamento o longo hiato que mantive nesse blog. Coisas interessantes aconteceram nesse intervalo. Dias depois de ter sumido daqui, fui chamado pruma "entrevista em grupo" da campanha Passaporte Sportv, cujo premio seria trabalhar como correspondente internacional em um dos países classificados para participar da próxima Copa, no ano que vem. Infelizmente não passei.

Desde então tenho refletido se tenho mesmo que insistir tanto nessa carreira de jornalismo, depois de dez meses sem ter encontrado nada. Além de não precisar mais de diploma - desperdiçando assim quatro anos de dedicação -, será que tenho mesmo tanta gana pra tentar nessa carreira, ou é melhor seguir em frente em outra área? Sei lá...pra mim vai ser uma tortura fazer cursinho e se matar de estudar pra tentar USP ou UNICAMP.

Áreas que tenho pensado são muitas, mas...quais são beco sem saída? Quais demoram para deslanchar? Considerei Letras, pra continuidade com o que tenho trabalhado ultimamente, mas será que dá pra s…

Parte 3 da saga do Ninja..sorry!

Faz um tempo que não posto nenhum capítulo da série do Ninja, então, sem mais delongas, confiram o terceiro capítulo. O texto é longo, mas vale a pena!

Capítulo 3 – Acerto de contas
- Já basta, Okazuro. O que importa é que você quebrou o trato, e isso não é tolerável! – diz Shuryon firme, guardando sua espada. Só se escuta uma risada irônica do genro, cabisbaixo. Uma última gota de sangue sai de sua boca. – Não vejo nenhum bom motivo pra você rir neste momento... – diz o velho, estranhando a reação.
- Pois eu lhe explico, meu caro sogro...pra mim, esse trato não passa de balela! – diz o jovem ninja, olhando desafiador pra ele.
- Como é?
- Isso mesmo. Não precisa se fazer de desentendido! Eu sei muito bem que o senhor me odeia, desde que comecei a namorar essa daí. – ele diz isso apontando para Onihime, como se ela fosse uma peça deformada de museu. – Deixe de cordialidades, é pura perda de tempo. Além disso, há tempos que venho te visitando. Não tava na cara quem esse vulto era? Essas habi…

Late...but I got into Medium and 30 Rock!

Pra não ficar num hiato muito grande com o blog, estou postando mais uma vez. Não estou tendo muita paciência de escrever no momento, porque tem muita coisa acontecendo. Não é o momento certo de falar sobre isso, mas enfim.

Posso comentar que estou adorando, atrasadamente, a quinta temporada de Medium e a terceira de 30 Rock. Completamente doentio o arco de Lucas Harvey, que se deixou matar só para distorcer os sonhos de Allison, numa espécie de cruzada anti-profeta em nome de Deus. E olha que ainda nem terminou essa temporada. Estou vendo pelo imdb que os três episódios seguintes retratam um mesmo arco. Se for tão bom quanto as duas partes de The Devil Inside, estou mais que satisfeito.

Quanto a 30 Rock, rachei o bico ao ver o episódio Apollo, Apollo, principalmente quando vi as perspectivas de vida de Jack, Tracy e principalmente do Kenneth, com bonecos dos Muppets, com direito a Liz Lemon (a musa dos nerds, Tina Fey) andando exatamente como os fantoches. E a cereja do bolo ficou por …

Nova safra!!!!

Felizmente encontrei um motivo para viver...hahahaa a nova temporada de séries está de volta! Com lançamento de séries novas (só vi Flash Forward, mas quero ver também Modern Family), além de novos de minhas favoritas.

Quando puder posto aqui. See ya!

Decepção e redenção

Depois que assisti às matérias da final do CQC, confesso que fui mudando de opinião ao longo do programa. Sim, fiz uma campanha a favor da Carol Zaccoli (Zoccoli ou Zuccoli, aparece nome diferente), mas ela foi extremamente sem graça em ambas as matérias, sobre o torneio de SMS e da Jovem Guarda (aka Policial Mirim, HAUAHUahuhauah). Nem quando ela subiu no palco pra cantar ou quando entrevistou Eduardo Araújo ela conseguiu se destacar. Foi extremamente desapontador vê-la se definhando. Nem com a piadinha com Dominguinhos sobre Lula me fez sorrir. E sem contar que ela fez uns japoneses de bobo, achando que eram chineses. Santa ignorância!

Já a Mônica Iozzi subiu no meu conceito. Conseguiu fazer perguntas pertinentes e mostrou desenvoltura frente às câmeras. Agora é ver no que vai dar...ela assinou um contrato de três meses com o programa, com chances de efetivar. Será que dá?

Na torcida pela Carol Zaccoli!

Kawasakinês está fazendo campanha para a vencedora do 8o elemento do programa CQC ser a comediante de stand up Carol Zuccoli.

Desde as primeiras etapas a paulistana de 31 anos mostrou-se despojada e bem-humorada. Contou uma piada sobre seu maior defeito - a estatura -, chapou um beijo na boca de alguém da platéia sem a menor vergonha, fez comentários contundentes na tréplica da entrevista, tem tudo para ser uma réporter digna do programa. Desde o começo da competição me simpatizei com ela.

A seguir, confira a matéria que a levou para a final, vencendo o também comediante Rogério Morgado. Detalhe para a babação de ovo pra cima da apresentadora Renata Fan, que é alta, bonita e loira, que inveja, quero matar ela, HAUHAUAHUAhuahuh




Detalhe que ela venceu sendo orientada por Oscar Filho, que muitas vezes foi subaproveitado pelo programa, recebendo pautas toscas. Seu concorrente era monitorado pelo Felipe Andreoli.

E o que dizer de Monica Iozzi, que, guiada pelo Rafael Cortez, desbancou o favori…

Não se pode nem fazer o próprio trabalho...

Notícia publicada pelo site Conjur (Consultor Jurídico) no dia 17 de setembro de 2009

Depois de frequentar as capas de jornais e revistas pela bizarrice de ser dono de um castelo medieval de R$ 25 milhões no interior de Minas Gerais, o deputado federal Edmar Moreira (PR-MG) escolheu a Justiça como campo de batalha para revidar as críticas. Reportagens que vinculavam a propriedade e a fortuna do parlamentar a esquemas de corrupção, uso irregular de verbas indenizatórias de gabinete e apropriação de contribuições previdenciárias de funcionários são alvo de processos por danos morais. São 44 ações contra 14 veículos e 38 jornalistas e apresentadores de televisão (veja a lista completa dos processos no fim do texto). Outras sete ações podem ser ajuizadas a qualquer momento. O Judiciário analisou o mérito de dois pedidos, por enquanto: um foi considerado improcedente e o outro, julgado à revelia, concedeu a indenização. A estratégia para as ações é a marcação cerrada. Reportagens que insinu…

Já vi esse vencedor antes...duas vezes, três vezes, SETE vezes... >_<

Que gostinho de dejà vú essa 61a edição dos prêmios Emmy hein...só pra citar, Mad Men de melhor drama, 30 Rock de melhor comédia (merecido vai...), 30 Rock de novo para melhor roteiro, Alec Baldwin pra melhor ator em comédia, Glenn Close pra melhor atriz dramática, Bryan Cranston como melhor ator dramático (como o professor maluco que cria altas confusões), Jeff Probst como melhor apresentador em reality show e a BOSTA do Amazing Race, ganhando pela SÉTIMA vez como melhor reality show. Que óóóóóóóódioooooooooooooooooooooooooooo!!!!

Puta conservadorismo do inferno! Pra que serve setembro pra estréias de grandes séries, se a merda da Academia só premia coisas...velhas? Que o diga Jon Cryer, o loser Alan de Two and a Half Men - que já está indo pra sétima temporada -, que só ganhou depois de três tentativas frustradas e Kristin Chenoweth, que teve reconhecimento apenas depois que a ótima Pushing Daisies foi cancelada bruscamente. Vai entender essa louCademia...

O que curti mesmo foi Toni C…

E a Dança da Bundinha Peladinha parou.

Imagem
De luto e surpreso. É o que tenho a dizer de primeira sobre a morte recente de Yoshito Usui, criador do mangá e anime "Crayon Shin Chan", aos 51 anos. Desde o dia 11 de setembro Usui estava desaparecido, quando ele decidiu dar uma caminhada. Nove dias depois, no último domingo, 20, seu corpo foi encontrado na montanha de Arafune, província de Gunma, no Japão. Há suspeitas de que ele tenha caído de um precipício de 100 metros durante o passeio que fazia.

É um grande artista que estamos perdendo no mundo dos mangás e animes. Ao contrário de outras criações, que priorizam um acabamento mais detalhado, perfeccionista e com cujos olhos grandes e marejantes os personagens expressam suas almas (sofredoras), os traços de "Shin Chan" chegavam a ser grosseiros e até pareciam ser feitos por uma criança. O protagonista sequer aparecia sorrindo para o leitor, só ria envergonhado, de costas.

Entretanto, era assim que Shin-chan se destacava de outras séries, que normalmente esbanja…

Phew, that's a wrap!

Enfim, folks...acabou o Emmy. Espero que tenham lido tudo o que houve. Foi trabalhoso, mas finalmente cobri um evento desse porte.

Mais tarde, posto minha wrap up do programa. See ya!

The last award!!!

E para melhor drama, quem apresenta eh Sigourney Weaver, e os indicados:

Amor Imenso (Big Love)
Breaking Bad
Damages
Dexter
House
Lost
Mad Men

quem ganha eh:



Mad Men. Tenho que ver pra crer. Serio.

Que bosta!

O encontro de Bill e Sookie ganhou o premio do voto popular. Que tosco

The best for last!

As categorias mais importantes aparecem agora!!! Primeiro, Bob Newhart apresenta para melhor comédia, que são

Entourage
Uma Família da Pesada (Family Guy)
Flight of the Conchords
How I Met Your Mother
The Office
30 Rock
Weeds

Quem ganha é... (torcendo por 30 Rock!)



YEAH!!!!! 30 Rock venceu por todas as temporadas produzidas. Também, esse ano teve participações especiais de Megan Mullally, a Karen de Will & Grace, Jennifer Aniston, Steve Martin como o presidiário fingindo ser um milionário que não gosta de sair muito, Alan Alda, e até Oprah Winfrey, como uma ilusão da Liz. É claro que iam ganhar!
A melhor housewife atual, Dana Delany, apresenta de melhor ator dramático:

Bryan Cranston como Walter White, Breaking Bad
Michael C. Hall como Dexter Morgan, Dexter
Hugh Laurie como Dr. Gregory House, House
Gabriel Byrne como Paul, Em Terapia (In Treatment)
Jon Hamm como Don Draper, Mad Men
Simon Baker como Patrick Jane, The Mentalist

Quem ganha é...



Pelo segundo ano seguido, o professor louco que cria muitas confusões Bryan Cranston, aquele que fazia o pai do Malcolm e foi indicado três vezes e nunca ganhou. Mereceu mesmo? Nunca me interessei pela série.
Simon Baker, hypado demais pelo The Mentalist, premia melhor atriz dramatica:

Sally Field como Nora Walker, Brothers and Sisters
Kyra Sedgwick como Brenda Leigh Johnson, The Closer
Glenn Close como Patty Hewes, Damages
Mariska Hargitay como Olivia Benson, Law & Order: Special Victims Unit
Elisabeth Moss como Peggy Olson, Mad Men
Holly Hunter como Grace Hanadarko, Saving Grace

Quem ganha é...




Glenn Close, pela segunda vez consecutiva. Taí uma série que preciso ver. Todo mundo que já viu virou viciado.

Mais premios para quem nunca vemos o rosto

Stephen Moyer e David Boreanaz apresentam melhores convidados em drama, Ellen Burstyn e Michael J. Fox, que indicam os melhores diretores

E ER ganha o último premio a que tem direito! Uma bela homenagem.

E melhor roteiro, com Mad Men dominando em quatro vagas, ganha...Mad Men.

Se não ganhasse também...

In Memoriam

Uma homenagem aos falecidos do ano...ao som de Sarah McLachlan, cantando "I Will Remember You".

Entre eles Bill Mellendez, dublador do Snoopy, David Carradine, a super gata Beatrice Arthur, Paul Newman, Michael Jackson, o eterno fantasma camarada (nossa, piada péssima) Patrick Swayze, o criador de 60 minutes, Farrah Fawcett, o jornalista Walter Cronkite e várias outras personalidades dos bastidores.

Ultima categoria!

Agora pega fogo! Começa a premiação das séries dramáticas. LL Cool J e Chris O'Donnell são os primeiros a apresentar de melhor ator coadjuvante.

E o Ben vence de novo! E pensar que ele era só o zelador do primeiro Jogos Mortais...

e melhor atriz coadjuvante (já??) é:


Cherry Jones, de 24 Horas. Nunca assisti a uma temporada completa, então é bem whatever pra mim. Tava torcendo pra Bailey ou pra Cristina...

HHAUAHUAHuhuaha

Jimmy Fallon com voz distorcida...rachei o bico. Indicando melhor canção original

Isso aí Idol!

A oitava temporada de Idol ganhou o prêmio de melhor direção em programa de variedades, humor e musical, recebido por Bruce Gowers. O chato que ele ganhou pelo episódio do Top 3, em que Danny Gokey foi eliminado. Nem tudo pode ser perfeito.

Uma novidade popular

Esse ano, o Emmy promove uma nova categoria, chamada Breakthrough Performance of the Year. Nela, quinze momentos que foram destaque da temporada são postos em votação pelo público. Os três votados estão competindo agora mesmo:

- Chuck admite que ama Blair em Gossip Girl
- O encontro de Bill e Sookie em True Blood
- Kris Allen é declarado vencedor da oitava temporada de American Idol.

Sei não...o único que faz jus à categoria é do Idol. Se bem que preferia o Danny Gokey, já que a voz dele era bem melhor. Mas antes Kris que o Adam Lambert, o histérico.

Bloco mala

proximo bloco falando de filmes para TV. Como nao vi nenhum filme indicado, nem vou comentar nada. Quando começa série dramatica, I'll be right back!

Novidade???

Tracy Morgan, que interpreta ele mesmo em 30 Rock...apresenta melhor reality. Nem preciso dizer qual ganhou, preciso? ...o papa-emmy Amazing Race, pela sétima vez. Em outras palavras, desde que essa categoria foi criada, em 2003, ele nunca perdeu. Nem quando David Cook ganhou o Idol no ano passado (injustiça!!! HAUHAUAHUHA)

Apresentador de reality

Melhor apresentador de reality...quem leva???

Um carinha do Survivor...ele deve MUITO provavelmente ser melhor que o Zequinha Camargo.

Pra variar...o suspense!

As melhores séries só serao mostradas no fim do programa. Agora o bloco é de reality. Tudo ao som de Circus, porque tudo, é claro, não passa de um circo de horrores

AGORA É MELHOR ATOR!!!!!

Rob Lowe (mais um hein???) apresenta melhor ator em comédia. Agora sim!!!!!

Na torcida por Sheldon...go Sheldon!!!

Quem leva é..............



Alec Baldwin, de novo!!!!

Tudo bem, vai. Só espero que ele não vire o próximo Shalhoub.

Cadê o melhor ator??

As Gossip Girls Balke Lively e Leighton Meester apresentam Tina Fey e Justin Timberlake (hein?) que venceram de melhores atores convidados. Em seguida, o premio de melhor direção, que vai pra The Office. Uma série bem hypada, mas que nunca vi...entao sem comentários.

Agora é melhor atriz! Que zona

As candidatas são

Julia Louis-Dreyfus como Christine, The New Adventures Of Old Christine
Christina Applegate como Samantha Newly, Samantha Who?
Sarah Silverman como Sarah Silverman, The Sarah Silverman Program
Tina Fey como Liz Lemon, 30 Rock
Toni Collette como Tara Gregson, United States Of Tara
Mary-Louise Parker como Nancy Botwin, Weeds

Quem leva é...Toni Collette! Ela mereceu! Desbancando Tina Fey, ela tem que interpretar quatro personagens numa só série. Desde a Tara, até T, Buck, e a pseudo-Bree, Alice. Haja talento!

Agora sim...o melhor ator é...

Julia Louis-Dreyfus e Amy Poehler apresentam de melhor ator coadjuvante de comédia.

Kevin Dillon como Johnny Drama, Entourage
Neil Patrick Harris como Barney Stinson, How I Met Your Mother
Rainn Wilson como Dwight Schrute, The Office
Tracy Morgan como Tracy Jordan, 30 Rock
Jack McBrayer como Kenneth Parcell, 30 Rock
Jon Cryer como Alan Harper, Two And A Half Men

E o Alan ganhou??? Bom, depois de quatro vezes indicado, tava na hora...queria muito que o Kenneth ganhasse...

Enfim, o melhor ator em comédia é...

Enfim, agora é de melhor roteiro... vamos ver...

30 Rock quatro vezes! E ganhou pelo episodio Reunion. Será que é o primeiro de muitos?...

Em seguida...melhor ator principal!!!

Os indicados a melhor ator em comédia, que vem em seguida:

Jim Parsons como Sheldon Cooper, The Big Bang Theory
Jemaine Clement como Jemaine, Flight Of The Conchords
Tony Shalhoub como Adrian Monk, Monk
Steve Carell como Michael Scott, The Office
Alec Baldwin como Jack Donaghy, 30 Rock
Charlie Sheen como Charlie Harper, Two And A Half Men

Façam suas apostas, quem ganha??? Adoraria ver o Shel...digo, o Jim Parsons ganhar. Mas quem deve levar é ou o Alec Baldwin ou - por favor, não! - Tony Shalhoub, pela enésima vez. Tudo bem que o Alec já ganhou duas vezes antes, mas...30 Rock é ótimo!!!

Agora, suportar o comercial mala que dura uma eternidade...

1a categoria...

Depois de uma apresentação musical, Neil Patrick Harris, o Barney de How I Met Your Mother, dá as boas-vindas para o 61o Emmy. "Adoro TV, desde pequeno. Eu cresci na TV. Gosto de séries, sou viciado em realities...notícias, nem tanto", ele brincou.

O show é divido por generos, e o primeiro é comédia. Um clip com as melhores tiradas atuais...

Apresentando o primeiro prêmio, Tina Fey e John Hamm, que fizeram um par em "30 Rock". "Vamos nos lembrar desse dia em que todos são vencedores, e que Seth McFarland só estão bêbados", provoca Fey.

Enfim, os indicados a melhor atriz coadjuvante de comédia são:

Kristin Chenoweth como Olive Snook, Pushing Daisies
Amy Poehler como Vários, Saturday Night Live
Kristin Wiig como Vários, Saturday Night Live
Jane Krakowski como Jenna Maroney, 30 Rock
Vanessa Williams como Wilhelmina Slater, Ugly Betty
Elizabeth Perkins como Celia Hodes, Weeds

E quem ganha é...Kristin Chenoweth, pela extinta "Pushing Daisies"!!! Um desapontame…

...E o Emmy dá a largada!!!

Daqui a pouco começa o Emmy, e vou dar minha opinião sobre os vencedores. Stay tune!

Pelos velhos tempos...

Se você já se perguntou como estariam os personagens de Street Fighter nos dias de hoje, depois do grande torneio, dá uma olhada nesse curta. Uma beleza.

Pontos altos: uma trama sólida, digna de uma série americana, Sagat cuidando do Tiger, o reencontro de Chun-Li e Bison, o diálogo nostálgico e cheio de referências entre Ken e Ryu e o resultado da luta final relembrando a abertura original da franquia, no segundo game. Há ainda uma piadinha sobre o jeitinho de ser brasileiro, proferido por...Blanka???

Mais legal ainda saber que a equipe conta com um brazuca...e não, não é o Blanka.

Divirta-se!













Novidade pra vocês!

Semana que vem vou fazer uma cobertura dos prêmios Emmy, considerado o Oscar das séries de TV. Vou postar sobre os vencedores de cada categoria, se eles mereciam ou não, etc.

Aguardem!

Mês de estréias...

Mês de setembro é motivo de comemoração pros fãs de séries. Afinal, é o fim da ressaca de reprises malas e assistir aos maçantes reality shows toscos (se bem que tenho uma guilty pleasure por Top Chef).

Minhas maiores expectativas são dessas séries que trago com os promos. Deem uma olhada aí:

1) CSI: confesso que, depois que Grissom (William Petersen) saiu definitivamente, nunca mais assisti à série. Pra mim CSI acabou naquela cena em que Sara e Grissom se encontram no meio da selva pra se beijarem ardentemente (e o Grissom foi ninja pra encontrá-la no meio daquele matagal). Mas vamos ver no que dá...tenho lido várias críticas positivas quanto à participação de Laurence Fishburne, então sempre tentei ver a algum episodio no AXN, mas...sei lá, sempre esqueço. Vamos ver o que eles fazem agora, na décima temporada. O promo pelo menos promete, mostrnado um embate no proprio laboratório entre os CSIs e os vilões. Só espero que não tentem matar mais uma vez o Nick (George Eads) ou a Sara (Jor…

Agora, umas considerações do capítulo 2...

Antes de ler este post, LEIA O DE BAIXO (o que chama "Sem mais delongas, com vocês, a parte 2 de "Tigre Sem Rumo") !!!! SÓ DEPOIS VENHA LER ESTE AQUI.

Vocês devem ter reparado que já comecei a dar nomes aos bois a partir desse capítulo. Os protagonistas são do clã Taigawa e se chamam Shuryon e Onihime, e um dos vilões é do clã Shinrai, e se chama Okazuro. Vocês não fazem idéia de como foi mala achar esses nomes!

Pra começar, gostaria de achar um sobrenome que fizesse jus à linhagem do clã dO Ninja, que traz em sua própria mitologia uma alusão ao tigre. Comecei por Tambara, mas sei lá, isso me soava a nome de fruta latina, tinha nada a ver com o que queria. Foi aí que perguntei a meu pai como se falava "Tigre" em japonês, e ele me disse que os japoneses chamam o animal pelo inglês, mas com o sotaque, que fica Taiga. Como Taiga também quer dizer floresta de coníferas, adicionei uma sílaba pra diferenciar. Tentei "Taigara", mas achei brega demais. A sonor…

Sem mais delongas, com vocês, a parte 2 de "Tigre Sem Rumo"

Continuando a saga dO Ninja, fiquem agora com a parte dois da história que comecei-mas-não-terminei Tigre Sem Rumo.
Capítulo 2 – Visita de última horaÉ madrugada no bairro. Os grilos ecoam no silêncio, entrando em harmonia com as corujas. Não há ninguém em sã consciência que esteja acordado a essa hora. Mas isso não importa para Shuryon Taigawa. Durante todos os meses em que esteve morando neste bairro, ele nunca mais conseguiu dormir em paz. Alguma presença sempre o despertou de seu sono superficial...
Quando morava com sua filha, na cidade grande, a situação era a mesma. “De que adianta então, ter se mudado para um mísero bairro, se tudo permanece da forma como estava?”, ele pensou várias vezes. Por isso treinar era preciso com sua preciosa espada, durante todas as manhãs, para estar preparado para quaisquer inconvenientes. As tardes eram guardadas para meditações, que relaxavam sua alma de modo mais profundo possível, para não titubear em situações extremas.Em todos os ataques, conse…