Review: The Big Bang Theory - 3x19: The Wheaton Recurrence

ALERTA ÓBVIO DE SPOILER. SE NÃO QUISER SABER ANTES O QUE ACONTECE NA SÉRIE, NÃO LEIA ESTE POST!!!


O último episódio inédito de The Big Bang Theory foi ao ar na última segunda-feira e teve bons e péssimos momentos.

Os bons são a volta de Wil Wheaton como ele mesmo, o eterno rival de Sheldon, e a última cena, em que descobrimos o que ocorre com quem perdeu a aposta.

O resto foi uma lástima total. A começar pela volta de Wheaton, que tinha tudo para ser uma volta bacana. Ele poderia ser mais uma vez o algoz da queda de Sheldon, ou até mesmo sofrer nas mãos do nerd, mas não. Serviu para abalar o relacionamento do casal protagonista. Isso me lembrou muito quando ocorreu, no final da quinta temporada de Desperate Housewives, o último ato de Dave Williams e que giraria em torno MAIS UMA VEZ de Mike e Susan.

Tudo começa quando Leonard diz "Eu te amo" para Penny, e ela não sabe como retribuir a declaração. Em clima de constrangimento, ambos competem no mesmo time de um jogo de boliche contra a equipe de Stuart e Wheaton - num jogo em nome da honra de Sheldon. Por causa da disputa, Wheaton mostrou suas garras ao fingir para Penny que já tinha tido uma namorada que não sabia se o amava tanto como ele a amou. Nervosa e não querendo ferir os sentimentos de Leonard, Penny - a única que sabia jogar de fato boliche - acaba abandonando a disputa no meio e a equipe sai perdendo.

Isso mesmo; aquele clichê constantemente usado em Hollywood de não saber retribuir o "Eu te amo" foi o que decretou o final do namoro de ambos. Eles poderiam ter terminado o relacionamento de qualquer outra maneira, mas não. Tal cena já ocorreu em outros programas...

Uma pena que The Big Bang Theory tenha seguido essa cartilha de "como terminar relações numa série". Desde que foi criado, o programa parecia fadado aos clichês e estereótipos do universo nerd, mas reverteu muito bem com o passar dos episódios. Basta ver a audiência, que no começo - há três anos atrás - não passava de 8 milhões de telespectadores nos EUA, e agora junta cerca de 14 milhões naquele país.

Para o caso de Leonard e Penny, esperava algo menos melodramático. Devo ser um dos únicos que gostava de ver os dois juntos - o começo deste episódio, por exemplo, em que ela cita Yoda para o namorado é um daqueles com momento mais "Owwww..." do programa.

Foram dezenove episódios juntos e com momentos hilários e simpáticos do casal. Foi de matar de rir ver Penny revelando à ex-futura sogra que estava namorando o fillho menos afortunado. Foi meio vergonha alheia ver Leonard tentando entender como funciona o jogo de futebol americano. E foi engraçado ver que a sacolinha de Victoria's Secret de Penny provocara no nerd mais sóbrio da série.

E agora, todos esses momentos foram jogados fora por um motivo tão banal, que se repete tanto em outros programas. Só falta, depois dessa mancada, um dos dois querer voltar ao relacionamento e o outro já ter o navio zarpado, em outra.

O que vai acontecer agora? Teremos que aturar Wolowitz e Bernadette - que anda bem sumida também? Justo o personagem com quem menos simpatizo? Vai ser um deal breaker [/lizlemon]!

Adendo: rola pela net um boato de que Penny queria terminar com Leonard por causa dessa cena acima. Notou onde as mãos dela tocam? Ela estaria grávida? Que vocês acham? Pra mim não passa de balela e mais clichê...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

3 vezes em que a Problematização foi longe demais

Teacher, how do you say... Rebimboca da Parafuseta?

Mais uma vez de volta