A Year Later... e mais um puxãozinho de orelha pra imprensa

(Peraí que não sou o Dunga pra falar que são uns merdas, e put@ cagões do car@lho. É algo mais moderado).

É triste atestar que o blog foi inaugurado em circunstâncias digamos melancólicas. Um dia depois que comecei a postar, Michael Jackson ficava naquele imbróglio de morreu ou não morreu provocado pelo hard news.

Por conta da data, é óbvio que as redes de comunicação se preparam pra realizar aquelas séries de reportagens especiais, desde (re)contando a infância sofrida do caçula dos Jackson até o últimos momentos de vida do cantor, que estava se preparando pra voltar à carreira musical com a turnê This is It.

Por exemplo hoje estava almoçando (tarde, por causa da PORRA da Copa) e comecei a conferir uma reportagem do Vinícius Dônola, um dos repórteres cujas matérias sempre são interessantes. Começou muito bem, mas não por causa dos offs e do trabalho de edição: foi só passar alguns trechos de Ben e Thriller que bateu aquele saudosismo.

Daí, a coisa descambou. Primeiro, dizendo em off que era a primeira "televisão brasileira a entrar no cemitério", o repórter e o cinegrafista ficaram procurando onde estava o mausoléu do cantor. Em seguida, a reportagem queria refazer os passos da ambulância que levou Michael para o hospital, no momento em que a vida estava por um fio. Em seguida, queriam mostrar o interior do centro médico em que ele se instalaria, se "tivesse sido socorrido a tempo".

Olha, eu até entendo querer ver a sepultura do cantor, já que Jim Morrison também pode ser encontrado, mas pra que eu iria querer refazer os passos da ambulância dele?! E, pior ainda, qual o interesse de conferir o hospital que ele estaria internado, caso sobrevivesse? Uma matéria assim, dependendo de um gancho no futuro do pretérito cai em terra na questão de interesse público! É uma completa falta de tempo acompanhar a isso. Dito e feito, mudei de canal. Tudo bem que ia começar a partida entre Chile e Espanha, mas então voltei pro Notebook pra escrever aqui.

Numa espécie de homenagem, vou colocar algumas músicas do Michael no MP3 daí do lado, pra relembrar umas pérolas dele.

Ah, só querendo vender meu peixe, me acompanhem no Twitter também! Tenho mais rapidez de postar as coisas por lá, desde desabafos sobre a copa até outras coisitas a más. Sigam-me em @danielkawasaki

Até a próxima.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

3 vezes em que a Problematização foi longe demais

Mais uma vez de volta

Sugestão de série - Crazy Ex-Girlfriend